Nestes cafés lisboetas tira fotografias incríveis e ainda come bem

Nestes cafés lisboetas tira fotografias incríveis e ainda come bem

Nestes cafés lisboetas tira fotografias incríveis e ainda come bem 3000 1874 Danish Pastry

Seja pelos brilhantes neons, pelas flores ou pelo papel de parede invejável, estes são os novos sítios onde vai gastar toda a bateria do smartphone ainda antes de começar a comer.

Os donos dos novos cafés da cidade estão atentos à cada vez maior tendência de fotografar tudo o que se come para depois atualizar o Instagram. Antes de atacar o prato, ele já foi fotografado de cima, de lado, na melhor luz, contra a parede tão bonita com papel de pássaros e é também por isso que os novos espaços são quase sempre tão bonitos, ainda que com uma tendência clara para o minimalismo/plantas/verde/mobiliário em pinho.

Seja pelos grandes néons coloridos, como o do Charlie Bistro, na Avenida, pelas plantas que estão espalhadas pelos quatro cantos do espaço como no Back Yard, na Estrela, ou pelos quadros do Janis, no Cais do Sodré, tudo são motivos válidos para passar algum tempo a estudar ângulos, luzes e a posições dos pratos. No final, cada minuto vale mais umas quantas dezenas de likes.

A NiT escolheu os sete novos cafés que têm tudo o que precisa para tirar uma fotografia. Ficam todos em Lisboa, embora um deles, o The Danish Pastry Shop, seja em Linda-a-Pastora, mas podemos garantir que a viagem vai valer a pena.

 

Fonte: NIT